Cap 30- Incertezas...
 Diego aproxima a boca, que vem aquecida pelo banho que havia tomado. Roberta não se mexe, somente respira. Com muita vontade ele invade os lábios dela compulsivamente. Beija de modo que a respiração não encontra tempo de entrar nos pulmões.
 O rebelde se perde no interior da boca que o recebe sem resistência. Saboreia sem limites e sem demora segundo após segundo.
 Aperta forte o corpo dela contra o seu. Roberta não encontra a razão dentro de si para interrompê-lo. Está aérea.
 Ele dá um passo para frente e a leva junto, agarrado à toalha que a cobre. Um pouco mais e ela cairia.    Roberta sente um frio na barriga que lhe percorre todo o corpo e que deixa suas pernas bambas. Ela em alguns milésimos de segundo pensa em pará-lo mas não quer, não consegue. Os beijos dele a deixam sem forças, sem condições de impedir que ele a tenha.
 A janela aberta lhes oferece o frio da noite mal começada. O vento trás uma leve neblina e balança a cortina fina e transparente que se lança aos móveis com suavidade.
 O que pode acontecer é um detalhe... Porém é o detalhe que constrói a história.

 Longe dali os amigos ainda passeiam. Ao se encontrar novamente na Vila Lene, porém desta vez por acaso, eles param em frente a casa de Pedro.
-De volta tão cedo?
-Ué, vocês também voltaram... -Alice repara a fala de Carla.
-É, o Tomás veio me trazer... -Carla parece decepcionada. -A Leila chegou com o Jonas e vocês imaginam como ficou o clima...
-A gente resolveu voltar porque a Alice tava cansada e já está esfriando... -Pedro a abraça. -A gente ia lá pra casa ver um filme...
-A gente tava vendo um né Tomás?
-Jura? Eu nem sei o nome do filme... -O rebelde passou todo aquele tempo em outras atividades, convenhamos.
 Carla relembra ao ver as feições do namorado e sorri.
-E o casal da vez? Vocês sabem deles?
-Esses dois, aposto que estão em alguma praia por aí! -Alice responde para Tomás.
-Ah, do jeito que a Roberta tá mudando de opinião de uma hora pra outra é bem capaz de estarem quebrando tudo uma hora dessas!
-Que isso Pedro? -Alice se assusta com a probabilidade. -Não, a Roberta tá super relax...
-Eu não caí naquele papinho dela de que engoliu a Marina não... -Pedro é direto. -Eu conheço a Roberta e aí tem.
 Todos param e pensam um pouco no que pode estar acontecendo, mas Tomás corta o papo da turma.
-Ei, muito papo e pouca ação! Vamos deixar que cada um cuide de sua própria vida, por que, diga-se de passagem, já é bem complicado! Bora ver esse filme então?
-Tá se convidando Tomás? -Alice brinca.
-Tô, não tem nada melhor pra fazer!
-Tomás!! -Carla dá um empurrão de leve no namorado, enquanto leva a mão ao rosto rindo, sem acreditar na cara de pau do rebelde.
 Os casais conversam enquanto caminham até a casa de Pedro. Eles teriam uma sessão longa pela frente. Não havia sono em nenhum lugar, nem ao menos hora para retornar.


 No colégio, em plena noite, alguém entra sem ser visto. Após pular o muro, caminha rapidamente com as costas dobradas querendo não ser percebido. A grama molhada é empecilho para que seja ainda mais ligeiro. Avista o porão que se localiza logo adiante. Está tudo escuro e somente algumas luzes espalhadas ao longe no jardim é o que tem para lhe guiar. O jovem se aproxima. O tão frequentado porão, aparenta ser o único esconderijo seguro naquelas circunstâncias. E seria ali o seu abrigo.
 Ainda sendo suspeito, ele não pode deixar que o descubram. De fato, um lugar que sempre foi seguro para os rebeldes também lhe serviria bastante, no mínimo para o fim de semana.
 Ele desce as escadas olhando desconfiado para todos os lados. Logo se ajeita aliviado no lugar. Seria difícil mas não impossível realizar mesmo sob perseguição, a vingança que tinha em mente.
-Marina... -Binho trinca os dentes e fala furioso. Aperta as mãos uma na outra como que se o pescocinho da  menina estivesse ali dentro sendo destroçado.
-Você vai me pagar, eu juro que vai.
 O garoto ouve um barulho e se esconde.

 A noite começava bem e tinha tudo para ser longa. A vida tinha suas marcas eternas para deixar. Marcas que nada poderia apagar. Nem o tempo, nem a vontade...
 Nada pode apagar aquilo que a alma adquire como eterna tatuagem no mais fundo de sua essência...Quase nada tem esse poder...
 Quase, porque não conhecemos tudo que existe no universo, e nem a força que possui.

 Diego a leva até a cama. Um passo de cada vez tendo a boca dela se contorcendo na sua. Puxando e sugando-lhe toda a vida que estava disposto a dar a ela.
 Eles chegam ali e seguem. Parece uma dança suave... Parece aquele momento entre o sono e a vida, em que não entendemos nem somos donos de nós.
 A cama os espera calada e vazia. O edredom pouco estampado, deixa ver os lençóis claros mal escondidos.
 Diego ao deitá-la sente que Roberta estremece.
-Seria incerteza? Seria insegurança? Seria medo? -Como pensar ou em que pensar afinal? -Diego está sendo levado pelos instintos, guiado por algo que era mais forte que sua compreensão.

 Ele vê o corpo de Roberta descendo leve e todo entregue para ele e vai sobre ela. O beijo continua...
 O ritmo aumenta e diminui, mas ele não cessa de beijá-la, não fica satisfeito. A língua, o lábio, o queixo, o pescoço... Cada percorrer só lhe dava mais vontade.
 O lençol vai sendo amarrotado à medida que ele a eleva para o topo da cama, ainda firme à toalha.
 Roberta segura com dificuldade as pontinhas com uma das mãos. Está quase solta, deixando que a rebelde fica ainda mais vulnerável.
 Ela fecha os olhos e sente que ele deseja percorrer mais do que já percorre. Que deseja mais um pouco, ou o muito que está debaixo dele. O coração bate mais forte do que nunca, sua face se avermelhava e sente que está queimando.
A pele sede ao toque. Ela passa a mão pelos cabelos dele. Agarra firme enquanto em sua nuca ele também entrelaça os dedos nos cachos que se deitaram sobre a cama.
 Diego levanta o rosto para olhá-la dando uma pausa mínima nos beijos. Faz isso muito de perto, quase encostando novamente a boca úmida. Sua mão percorre o braço dela e sente os pelinhos irem se arrepiando enquanto o faz. Ao chegar à mão que está segurando a toalha ele desce os dedos aos dela que estão firmes em seu trabalho de escondê-la.
 Por cima dela ele tem todos o tempo e todos os segundos. O que seria do amor e da noite? Da intensidade viva e do calor dos movimentos que estavam a fazer? Era um patamar onde nunca haviam chegado, estavam indo longe... E onde iriam mais?
 Diego a acaricia. De leve seus dedos vão laçando nos dela, vão se aglomerando, vão se sobrepondo. Brincam de revelar... E vão permitindo nessa brincadeira, que eles dominem a mão de Roberta e se preparem para soltar a toalha.
-Diego...


<<Cap 29        Cap 31>>

| edit post
Avaliação 
37 Responses
  1. Anônimo Says:

    voc vai postar a segunda parte hoj? olha ta muuuuuuuuuuito lindo , eles tem que ter a primeira vez deles !!! aiaiai UHASHUS


  2. Anônimo Says:

    OMG OMG OMG, ficou muito lindo! Guria, tu vai postar a segunda parte hoje? Por Favor me responda
    -Claudia-


  3. Não dá tempo! Além do mais eu não sei ainda o q vou escrever... rs


  4. Anônimo Says:

    Ok, mais amanhã vocÊ posta né, a segunda parte ou o cap. 31?


  5. Anônimo Says:

    aaaaaaaaah to morrendo! Que lindo! Leio o teu blog desde que ainda era só os especias da primeira vez, é maravilhoso aqui.
    -Camille. (ainda não tenho conta aqui)


  6. Anônimo Says:

    poooooooor favor faz eles terem a primeira vez , a maioria voto pra voc faze logo , ai vai fica lindo , já até imagino , kkkkkk , faz eles terem a primeira veeeez !


  7. Anônimo Says:

    o capítulo ficou lindo!!! maravilhoso como sempre, espero que termine bem romântico. parabéns!! (Scheila)



  8. weloveluar Says:

    quero muito a primeira vez deles!!!!!! amo ler essas webs!!!!!


  9. Daniele Says:

    Ai que perfeito !!
    Faz eles terem a primeira vez, por favoor Alinee!!


  10. Anônimo Says:

    posta a segunda parte ou o cap.31 hoje a ficando muito lindo.por favor mim responde se vc vai postar hoje.to muito coreosa..
    -TAYENE-.


  11. Anônimo Says:

    faz eles terem a primeira vez na web mais nao acaba com os contos.por favor.


  12. Darly Lima Says:

    Amiga ta muito boa a historia, acho que o tal momento que te falei chegou e você sabe,então não faça como a Marga... acho que da para fazer contos nos dias 26, só não precisa ser sobre a primeira vez deles, faz algo especial, diferente, se eu pensar em algo te escrevo, tenho acompanhado pelo celular sua web, mas como ele é muito precário, não consigo postar comentários, quando estava vindo pro Rio vi uma plaquinha na estrada indicando Divino, lembrei de você na hora, quando eu voltar pra casa prometo te ajudar um pouco mais, sei que com a faculdade ta difícil.


  13. E como tá...
    Ai, ki legal q lembrou de mim qdo viu a plaquinha, haha destruidinha q tá ela...
    Mas enfim, tem certeza que talvez eu deva mesmo fazer isso? Eu to meio na dúvida... Se fizer tenho uma boa continuação em mente, se não também tenho uma outra legal, mas o negócio é q não dá pra voltar atrás se rolar... =/ pode esfriar não?


  14. Anônimo Says:

    poooooooor favor faz eles terem a 1 vez , por favor , por favor !
    eu amo aqui


  15. Anônimo Says:

    Aline, continuaaaaaaaaaaa.
    Está tão lindo


  16. Anônimo Says:

    vai postar quando a segunda parte aliine?


  17. WithLoveLuAr Says:

    Oi Aline, meu nome e Catarina e sou grande fã, graças a voce me inspirei e comecei a escrever tambem uma web-novela, gostava muito que voce vi-se e me desse a sua opiniao:) adoro a sua maneira de escrever parabens :) Pode conferir aqui a minha web-novela, ainda esta bem no inicio, withyouluar.blogspot.com/
    BEIJOS, nao pare nunca de escrever :)


  18. RebeldeS Says:

    Aline por favor posta o capitulo 31 to mega curiosa.Obrigada.


  19. RebeldeS Says:

    Eu acho que voce deveria fazer a 1 vez deles, mais essa é a minha opiniao né?Sua Web Novela é muito legal, cada dia eu fico mais viacida.Parabens!
    Continue assim!!!


  20. RebeldeS Says:

    Que horas voce vai posta o capitulo 31?


  21. Acho q vou colocar a 2ªparte mas não sei mais se posso hoje. Se puder vai ser só depois da 11:30, tenho algo p fazer q não posso adiar, mas aviso =)


  22. Obrigada =)
    Eu não sei se vai dar p postar hoje, tenho q sair mas talvez poste lá p 11:30 depende de q horas chego


  23. Anônimo Says:

    Nossa muito bom mesmo,vc escreve muito bem a primeira vez que vi sua web-novela achei que fosse chata(pq nao iria acontecer na novela),mas depois comecei a criar tudo o que eu lia na cabeça


  24. Juliane Says:

    Gente o blog withyouluar.blogspot.com e horrivel.
    Não entrem...


  25. Anônimo Says:

    gente e demais , aline stechitti vc ja dar pra ser autora , vc esta de parabens.!luluzynha fernandes!adorei eu amo eles, e posta logo a segunda parte viu.amei , amei ,amei.


  26. Anônimo Says:

    poooooooste a segunda parte por favor !


  27. Anônimo Says:

    eu so novata aqui mais so de ver adorei vc e otima pra escrever , adorei o modo como vc sita os detalhes aiaiaiaiai...... quero a 1 vez de por favor kkkkkk


  28. joicy Says:

    Oiie aline meu nome e joicy ta lindu sua novela ...
    eu sou viciada na novela agora então to muito mais , kkk


  29. Anônimo Says:

    ALLINE POSTA AI NAO FAZ ISSO COM A GENTE.MINHA FLOR JA TAMOS ESPERANDO FAZ 2 DIAS.MUITA CORIOSIDADE.BJS.


  30. Este comentário foi removido pelo autor.

  31. Anônimo Says:

    Aline , POR FAVOR coloque logo a parte 2 do capitulo 30 ou o capitulo 31 pelo amor de Deus . Minhas unhas já viraram cotocos de tanta curiosidade que eu estou.


  32. Oiie Aline !!! Mee inspireei em vsêe e crieei umaa Web Novela tbéem... Olhee Láa http://rockstarsempre.blogspot.com/


  33. Darly Lima Says:

    Você me deixou dividida agora, como leitora acho que sim, tô ansiosa como todo mundo, mas se você ainda tem duvidas....mas sinceramente, você escreve muito bem, não acho que vá esfriar, é só não deixar acontecer como tenho visto em alguns blogs que visitei, deixar tudo rolar em torno disso depois da primeira vez, senão perde o encanto e o romantismo.... Sei lá, confie nos seus instintos, até agora você só acertou, sua web é um sucesso, então acho que o que você decidir ficará bem feito.
    bj amiga!!!


  34. RebeldeS Says:

    Aline que horas voce vai posta o capitulo 31?


  35. Lá pras 7...

    Ah, e aviso p as crianças q não aconselho q leiam meu blog kkkk é sério.


  36. Anônimo Says:

    Aline faz a primeira vez mais não acaba com os contos LuAr Day por favor, eu imploro!! É muito lindo!!

    Duda


Postar um comentário

Followers

Quem vos escreve:

Blogger Wordpress Gadgets